Institucional

Bandeiras de Luta

O setor da construção civil é o que mais cresce no Brasil. Para acompanhar esse desempenho os trabalhadores da construção e do mobiliário reivindicam garantia de cláusulas sociais que de fato valorizem a categoria.
Jornada de trabalho de 40 horas semanais;
Garantia do transporte do trabalhador;
Alimentação digna;
Indenização compensatória;
Direito a educação básica com a implantação do Projeto Escola Zé Peão;
Participação em ações educativas;
Alojamentos decentes;
Seguro de vida;
Implantação de melhores programas de segurança nas obras;
Essas são algumas das cláusulas sociais reivindicadas pela categoria.